segunda-feira, 2 de abril de 2012

Sou - ser - sei

A urgência dos fatos se fez mais forte, por ali, no aculá daqui, eu fiz o que queria ver, aquilo que não se leêm em letras, tudo era corrido, transposto pelo sangue, negado em olhar, e agora, escrito, estreito. Deve de haver algum segredo por trás das folhas que caem no outono, elas, sem um aviso prévio, se fazem de mortas, de abrigos para tantos, um verbo posto, pago, e por mim entendido, no básico, o porque se coloca na presença, levantando a mão o mais alto possível só pra que visto de longe, eu, o chame. Talvez isso tudo seja sentimental demais para muitos, complexo, ou mais, chato, mas para mim, a verdadeira colocação, seria um escape, nos três angulos existentes, em meio a uma batalha pela conquista do Corredor Polonês, ou até mesmo na varanda de minha casa, essa feição abstrata, em colar naquele que não me ouve, se fazendo de cego, mudo, sentindo em mão, carne, nessa junção de palavras sem nexo, vendo, sigo, quero, aperto o play, seguro a onda e assim faço, o eu funcionante, que me escapo no só: sou, ser, sei.

18 comentários:

  1. Boa mensagem querido!!!
    Bjim
    www.blogdaleoliveira.com

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Ser ou nao ser,
    eis a questão!
    Voce colocou de forma metaforica
    teus sentimentos e sensações
    perante o outro...Sim, estamos sempre
    nos questionando sobre quem somos realmaente.
    Mas a definição certa seria: o que querem que somos?ou ainda, o que querem que somos! Afinal, nossa sociedade impregnada de hipocrisia,
    nos empurra cada vez mais para o fato de quem é livre, sentir-se
    prisioneiro de tua vida, quiçá, loucos!
    Adorei tua forma de expressão, metaforicamente, leve e direta!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre escrevo de forma metafórica, e gosto muito de escrever assim. Que bom que está agradando os meus leitores ;)

      Excluir
  3. Muito obrigado :)
    Já sigo, gostei do texto !

    ResponderExcluir
  4. Esta lindo *.* Gosto muito da maneira como escreves, escreves de alma de coração tipo tu tens um dom com as palavras sabes as conjugar elas para dar coisas lindas como essa obra prima :D.
    Passo a seguir te e gostaria muito que passa ses no meu blog e me desses a tua opinião de alguns dos meus textos :D.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou dos meus textos.
      Seja bem vinda e volte sempre por aqui.
      Sigo você de volta. ;)

      Excluir

Divida seus carmas e palavras;